Social Media

Google + lançado há uma semana já desafia o Facebook!

4 Jul , 2011  

…e já foi censurado na China

Com a rede social Google Plus ou Google +, lançada na semana passada, o Google quer desafiar o Facebook não só em popularidade, mas também provar que tem ferramentas suficientes para tentar retomar a posição de liderança na web.

Muito mais que uma rede social, que tem como principais atractivos a conversa através do vídeo entre amigos e a segmentação de contactos em círculos de relacionamento, o Google+ é um imenso arquivo de dados.

Estão em jogo informações valiosas sobre o comportamento de navegação e que podem determinar o futuro das receitas do Google com publicidade.

“O Google não tem necessariamente a aspiração de ser a principal rede social, mas de ter a demografia mais completa”, afirmou hoje Dan Olds, diretor da consultoria Gabriel Consulting Group.

Essa nova fronteira da disputa virtual pode ser vista em movimentos recentes da Google e Facebook, de entrada por exemplo, em áreas pouco exploradas, desde o pagamento on-line até ao aluguer de vídeos pela internet.

Segundo este especialista, o Facebook tem hoje 700 milhões de utilizadores e chegou ao valor de mercado estimado de quase 70 bilhões de dólares, tendo como principal activo a sua base de dados e as informações dos utilizadores.

“O Google+ vem para relançar o Google e tentar retomar a posição de líder na internet, hoje claramente ocupada pelo Facebook”, afirma o analista.

Embora o Google tenha lançado o Orkut em 2004 com a possibilidade de extrair informações semelhantes da Web, esta rede nunca conseguiu atingir os seus objectivos.

Claro que o Facebook não deve ficar atrás e deve anunciar esta semana novas funcionalidades, entre as quais um serviço de vídeo e voz integrado com o Skype.

 

Fundador do Blogue MediasSociais – a nova tendência, experiência em Jornalismo, Formação em Comunicação Empresarial e Pós-Graduação em Marketing & Banking Social Media no ISGB. Autor dos eBook’s Toolkit de Social Media Marketing e Pensar Social Media.

, , , , ,


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *