Tecnologia

Resultados Da Apple Desiludem Investidores

25 Jan , 2013  

apple-stock

Os lucros da Apple estagnaram. É o crescimento mais lento desde 2003. Algo vai ter de mudar. Os resultados apresentados foram abaixo das expetativa dos mercados. As acções caíram mais de 10%, no dia 24, um dia após a apresentação dos resultados.

No último trimestre de 2012 o resultado líquido da Apple cresceu apenas 0,1%. Os números do primeiro trimestre fiscal, correspondentes aos últimos três meses do ano, mostram uma subida de 18% das receitas, para 54,5 mil milhões de dólares, e uma estagnação dos lucros para 13,1 mil milhões de dólares, anunciou a empresa em comunicado.

A margem bruta desceu, de 44,7% para 38,6%, e as vendas internacionais representaram 61% das receitas totais. O ritmo de crescimento mais lento desde 2003.

O lançamento do iPhone 5, em Setembro de 2012, fez disparar as vendas de smartphones que subiram 29%, para 47,8 milhões de unidades, enquanto as vendas de iPads cresceram 49%, para 22,9 milhões de unidades. Em ambas as categorias, a empresa regista crescimento de vendas.

No entanto, as vendas de computadores pessoais Mac caíram 22%, para 4,1 milhões de equipamentos, acompanhas por uma quebra de 18% nas vendas de iPods.

O problema para o mercado e analista e investidores, não tiveram a ver com o recorde de vendas e receitas, mas sim com a quebra das margens brutas que recuaram de 44,70% para 38,60%. Tim Cook, Ceo da Aplle, referiu ainda, que para o primeiro trimestre de 2013 a Apple vai obter receitas em 41 a 43 mil milhões de dólares, mas com uma tendência de redução das margens brutas da receita.

Tim Cook, fez uma recomendação aos analistas e investidores para que “avaliassem o grau de precisão” dos rumores que correm no mercado sobre a redução do número de encomendas de iPhone em Dezembro, que alarmaram os investidores antes da divulgação dos resultados.

Crescimento muito lento

A Apple conseguiu aumentar as receitas em 18%, mas a quebra nas margens fez com que o crescimento do lucro líquido rondasse zero no primeiro trimestre.

As vendas do iPhone para o mercado foram uma deceção e nem o iPhone 5 consegiu inverter essa tendência e os custos operacionais dispararam.

Se as previsões de Tim Cook estiverem corretas, as receitas vão continuar a descer no próximo trimestre e o lucro das acções também. (Mau para os investidores)

No ‘late trading’, as acções caíram 10% para 462 dólares (345 euros) e hoje apresentam um preço a rondar os 450,50€ por acção, (um preço justo ou barato?) para uma empresa que tem sido ao longo da sua história altamente lucrativa, mas com um crescimento que deixa muito a desejar.

Estudante de Engenharia Informática, co-fundador do Blogue MediasSociais – a nova tendência, auto-didata em tecnologia da inovação, social media e gestão das tecnologias da informação. Fundador da uBlippy, rede social familiar, 4.º lugar da VLAbs 2014.

, , , , , , ,


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *