Tecnologia

Conheça as Novidades do Keynote da Apple

3 Jun , 2014  

A Apple realizou hoje, na WWDC (Worldwide Developers Conference), um Keynote onde apresentou várias novidades. Tal como acontece todos os anos a Apple organizou uma das maiores conferências de programadores do mundo. Não existiriam novidades em termos de hardware (nem iPhone, nem smartwatch, nem Macs, nem iPads como muitos afirmavam),porém, as novidades a nível de software foram mais que muitas. Durante duas horas a gigante de Cupertino mostrou aos 5 mil presentes o que de melhor a empresa tem para oferecer.

Tim Cook abriu a apresentação a realçar o papel fundamental dos programadores na vida de milhões de pessoas, estes fornecem a todos nós um leque variado de aplicações, para todas as nossas necessidades. Daí, Cook fez uma pequena introdução ao Keynote apresentando os pontos fundamentais da apresentação, que se focou no novo iOS8 e OSX 10.10 Yosemite. Também como é habitual, o CEO da Apple apresentou à plateia alguns números alcançados durante o último ano. Segundo o mesmo, 40 milhões de cópias do OS X Maverick foram instaladas, um recorde para a empresa. Já no que diz respeito aos iGadgets a Apple já vendeu mais de 800 milhões de unidades (mais de 100 milhões de iPods touch, 200 milhões de iPads e 500 milhões de iPhones).

DSC_0853

OS X 10.10 Yosemite

Craig Federighi subiu ao palco para apresentar o novo OS X 10.10 com o nome de código Yosemite. O novo sistema operativo apresenta um novo design, inspirado no iOS. Foram introduzidos novos tipos de letra e novos ícones que passaram a ser bidimensionais. As janelas também sofreram alterações e receberam efeitos translúcidos que se adaptam à temperatura da cor do plano de fundo do ecrã. As novas janelas vão ter um modo “Dark” que inverte as cores dos menus para branco e sobre preto.

O Spotlight também foi melhorado e assemelha-se agora à conhecida aplicação para Mac, Alfred. Possui um design minimalista e acrescenta mais informações à pesquisa do utilizador.

Para além disso, agora o iCloud funciona mais como os restantes adversários e permite ao utilizador armazenar qualquer tipo de ficheiro. Este serviço vai estar disponível, para mac e para Windows, gratuitamente até 5Gb de armazenamento e com planos de pagamento para quem desejar mais espaço.

DSC_1042_verge_super_wide

Mas as novidades do novo sistema operativo OSX não ficaram por aqui e a Apple anunciou mudanças no Safari. Este recebeu o novo design, tal como todas as outras aplicações, mas mais importante que isso é que também recebeu melhorias significativas a nível de desempenho. O browser da empresa é agora mais rápido, mais estável e mais seguro.

Outro ponto importante, é a “Continuidade” dos sistemas operativos, Mac OSX e iOS, que agora se complementam mais que nunca. Agora, se estiver no seu mac a visualizar uma página da internet pode a qualquer momento sair de casas com o seu iPhone e abrir exatamente a página que estava a ver antes, tudo isto através do ecrã de bloqueio do seu iPhone.

ios-8-3

iOS 8

O novo sistema operativo móvel da Apple é baseado no anterior, iOS7, e por isso as diferenças não estão relacionadas com o design, mas sim com as funcionalidades.

A ferramenta Quicktype atribuiu uma funcionalidade ao teclado do novo iOS que o Android já disponibiliza há muito tempo, apresenta sugestões acerca do que se está a escrever. Apenas estarão disponíveis alguns idiomas no lançamento, mas o Português é uma delas, ainda que brasileiro.

As novas funcionalidades do iOS 8 também incluem a possibilidade entrar e sair de mensagens de grupo, atribuir-lhes nomes e partilhar a localização com os participantes da conversa. Além disso, agora pode também enviar vídeos e áudio. Estas mensagens de vídeo e áudio autodestroem-se a menos que o utilizador as queira manter, de forma a reduzir o espaço ocupado no armazenamento interno do telemóvel.

Saúde também está presente no iOS 8, com o HealthKit. Hoje em dia existem diversos produtos criados por grandes empresas, como balanças, medidores de pressão e diabetes, pulseiras, etc. Mas todos eles utilizam as suas próprias apps para armazenarem as informações recolhidas por eles. Com o HealthKit, a Apple quer unir todas essas informações num único lugar, através da nova app, a Health.

02-ios-8-9

Outra novidade: A partilha familiar de conteúdos como calendários, fotos, partilha de conteúdos comprados, como, filmes e música. Este serviço funciona até um número máximo de seis dispositivos.

Para terminar as novidades apresentadas no palco da WWDC 2014 sobre o iOS 8, a Siri agora poderá ser usada sem a necessidade de tocar no iGadget, apenas dizendo “Hey, Siri” (assim como o “Ok, Google”). A assistente virtual agora também reconhece músicas, através da integração com a aplicação Shazam e ganhou 22 novos idiomas para o recurso Ditado (Dictation) — incluindo o português do Brasil.

Novidades para programadores

Este ano as novidades eram tantas neste tópico que a Appl decidiu atribuir grande parte da sua apresentação ao mesmo.

A Apple irá disponibilizar mais de 4.000 novas interfaces de programação (APIs). O iOS 8 traz recursos de extensibilidade, para que aplicações possam adaptar-se contratualmente aos painéis de partilha de conteúdo, ao Safari, ao editor padrão fotos e em muitas outras áreas já existentes do sistema. Através desses “contratos” entre aplicações e o sistema operativo, é agora possível adicionar Widgets, sim!… leu bem, à central de notificações. Ou melhor, em breve poderá instalar o tão famoso SwiftKey no seu iPhone! O novo iOS 8 permite a instalação de teclados de terceiros.

screen_shot_2014-06-02_at_3.33.06_pm

Para além disso, os programadores podem, agora, adicionar o Touch ID às suas aplicações, ou seja em vez de entrar nas aplicações com uma senha secreta, os utilizadores irão poder usar a sua impressão digital para o mesmo fim.

Para iPhones e iPads baseados no processador A7 (e futuros chips da Apple), a empresa desenvolveu um novo sistema gráfico 3D para jogos. Jogos para o iOS 8 agora podem ser desenvolvidos com acesso direto ao processador gráfico, resultando em maior facilidade de desenvolvimento e desempenho — até dez vezes mais rápido que as atuais implementações OpenGL em uso no Android e no próprio iOS 7. Um salto gigante neste aspeto.

Falando diretamente de código, a Apple também criou uma nova linguagem de programação, moderna e sem base em C. Chamada Swift, esta não depende de várias das complexidades comuns de desenvolvimento e, mesmo assim, permite acesso nativo aos recursos do iOS e do OS X.

32_verge_super_wide

Além de ser mais fácil de se dominar (pelo menos na teoria), também é muito rápida e dinâmica, habilitando um novo fluxo de trabalho no Xcode em que os resultados do desenvolvimento podem ser acompanhados em tempo real na interface. A Apple aceitará aplicações para o iOS 8 e para o OS X Yosemite escritas em Swift ainda este ano, e partir de hoje qualquer programador pode ter acesso aos recursos necessários para aprender esta nova linguagem.

Todas estas novidades só estarão disponíveis em meados de Outubro e todas elas gratuitas.

 

Estudante de Engenharia Informática, co-fundador do Blogue MediasSociais – a nova tendência, auto-didata em tecnologia da inovação, social media e gestão das tecnologias da informação. Fundador da uBlippy, rede social familiar, 4.º lugar da VLAbs 2014.

, , , , , , , , , ,


Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *