Tecnologia

Apple Watch: O Primeiro “One More Thing” Depois Da Morte De Jobs

9 Set , 2014  

A Apple anunciou finalmente o tão esperado Apple Watch. Apesar de todos os rumores que circularam na Internet nos últimos meses, a Apple conseguiu trazer novidades ao mercado dos wearables.

O relógio acompanha o design dos smartphones existentes, tanto pela sua forma quadrada, como pela sua construção em aço inoxidável, o seu vidro safira e a experiência que proporciona. O que distingue este gadget, tal como foi explicado por Tim Cook, é algo denominado de “Digital Crown” (nada mais nada menos do que uma coroa de relógio). A sua rotação permite fazer zoom in e out das apps como alternativa ao pinch to zoom que, num ecrã pequeno, seria uma tarefa difícil, existe ainda um botão Home na coroa do relógio.

Este gadget é relativamente pequeno, apesar de tecnologicamente avançado. A interface apresenta vários ícones circulares que aparecem no ecrã e funcionam em conjunto com a “Digital Crown” através de zoom into. No Apple Watch coexistem calendário, fitness, chamadas, mensagens e outras apps.

watch

Quando o utilizador eleva o pulso, o relógio acorda automaticamente o ecrã para que se observem as horas, notificações, etc. A parte detrás do relógio está coberta de sensores que seguem as estatísticas de saúde e fitness. Mas este gadgets é muito mais do que um simples meio de receção de notificações. É comandável através da voz, toque (swipe e o novo método, “glances”) e distingue diferentes forças de toque.

Foi anunciado, em conjunto com o relógio, a MagSafe, o carregador wireless e as várias braceletes (seis no total), facilmente trocáveis. O Apple Watch traz com ele vários mostradores e, com sorte, a possibilidade de futuramente fazer o download de mais. Esta capacidade de personalização transforma o relógio num objeto altamente pessoal e intemporal. A Apple incluiu também a capacidade de apontar direções através de diferentes vibrações, receber notificações do calendário e a fantástica comunicação com outros utilizadores do Apple Watch através de desenhos e/ou toques.

Haverá também: um WatchKit para terceiros, que contorna o problema de envio e receção de notificações no pulso por plataformas como o Facebook e outras; a integração com linhas aéreas, hotéis, transportes públicos, trânsito e a conexão com casa; duas novas aplicações “Fitness” e “Workout”; reconhecimento pessoal e de outros gadgets (do iPhone 5 até ao 6 plus, Apple TV e outros) e; a mais inovadora função, a Apple Pay (efetuar pagamentos através do relógio).

Infelizmente, só estará disponível no próximo ano e pelo preço inicial de $349.

Algumas novidades esperadas:

Ver as horas

O Apple Watch é um relógio! Haverá a função de mostrar no ecrã as horas, como acontecia no iPod de pulso, com várias opções de design.

Controlo da saúde

Ao medir os batimentos e a tensão arterial pelo passos e pelo cansaço o relógio controla e indica-lhe o que deve fazer em caso de falta de exercício ou de atividade.

Saúde e Desporto

Quatro sensores do relógio, medem as pulsações e os batimentos cardíacos. Terá aplicações dedicadas ao desporto.

Gestão de contatos

Acesso aos contatos disponíveis na iCloud e sincronização com o smartphone.

Faz e recebe chamadas

Vamos conseguir fazer e receber chamadas apenas com o relógio. O smartphone apenas vai servir de apoio.

Pagamentos

Traz a tecnologia para o Apple Pay. Vai poder fazer-se pagamentos com o Apple Watch, como o que sucede com os smartphones.

Mapas e GPS

Acesso a mapas no Appel Watch. O relógio serve também de GPS e emite notificações, o que faz com que não tenha que se distrair com o GPS. Comunica com o condutor sem ser necessário olhar para o percurso.

Mensagens

As mensagens vão chegar ao relógio como chegam ao smartphone. Possibilita ditar para escrever.

Ligação ao automóvel

A BMW está a criar uma app que fará ligar o seu carro diretamente do Apple Watch.

App’s

O Facebook e outras Apps já estão a desenvolver versões para o relógio.

Comando de voz

O Siri estará presente no Apple Watch. Com a voz pode-se procurar ruas, contactos, cinemas, restaurantes, etc…

Personalização

A Apple vai disponibilizar diferentes cores, braceletes, para adaptar o relógio à vida do utilizador. Há outras empresas já a desenvolverem braceletes personalizáveis.

Receber informações

Prepare-se para receber notificações proativas. O Apple Watch promete notificá-lo de tudo o que tem para fazer e o tempo que demora para chegar a um local ou as horas do transporte que usa habitualmente.

Estudante de Engenharia Informática, co-fundador do Blogue MediasSociais – a nova tendência, auto-didata em tecnologia da inovação, social media e gestão das tecnologias da informação. Fundador da uBlippy, rede social familiar, 4.º lugar da VLAbs 2014.

, , , , , , , ,


One Response

  1. […] Internet of Things e o wearables merecem mais […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *