Social Media

6 Aptidões Para Estar nas Redes Sociais

4 Out , 2015  

As redes sociais estão a revelar-se um meio de comunicação enorme. Este meio de comunicação permite atingir o cliente de uma forma mais eficaz e eficiente, logo com menos custos. De outra forma era impossível.

Não deixa de ser um mundo novo, que necessita de uma comunicação distinta da que é utilizada pelos meios de comunicação tradicional. Com astúcia conseguimos chegar ao publico alvo e obter reações às nossas mensagens que de outra forma, não se conseguiria. Para ganhar em Social Media, é necessário desenvolver estas 6 aptidões.

Espírito Crítico

Em Social Media temos de ter um instinto especial. Temos de ser capazes de perceber o que os utilizadores desejam e acham realmente importante. Nos meios de comunicação tradicional quanta informação é publicada sem retorno? Como se sabe o que realmente interessa ao público em tempo real? Como mostrar uma coisa em tempo real que capte a sua atenção e tenha um bom feed-back?

Comunicação

A comunicação e o conteúdo dominam na Web 2.0. Quando estamos numa interação com os utilizadores temos de conhecer e ter a certeza do assunto que se está falar, conhecer terminologias, estar familiarizado com termos que muitas das vezes ultrapassam o razoável. Nas redes sociais as mensagens são proliferadas pelos utilizadores e pela rede, apesar de ter um destinatário. Temos de saber utilizar trending topics ou TTs. Os Trending Topics ou TTs são uma lista em tempo real das frases mais publicadas no microblogue Twitter por todo o mundo. Valem para essa lista as hashtags (#) e nomes próprios. As hashtags estão a ser usadas também no Instagram e Google + e estão em testes no Facebook.

Um Comercial Conhece o Cliente e Adapta-se

Devemos sempre orientar a mensagem para o público-alvo. Deve-se identificar as necessidades e os interesses. Devemos ter a certeza que Redes Sociais frequenta? Do que gostam e em que redes se movem? Só assim conseguimos chegar ao nosso público-alvo. O nosso target tem de ter mensagens próprias, mensagens com que se identifique.

Social Media Relações Públicas

Devemos rapidamente identificar os embaixadores da marca. Comunicar com eles, até por mensagens privadas. Eles têm de pertencer à marca. São uma extensão da nossa empresa junto do nosso público. Para isto devem ter informação relevante, ter acesso em primeira mão a novidades para as poder defender. Os embaixadores da marca são utilizadores influenciadores da marca/produto. Normalmente têm a virtude de influenciar, as suas mensagens chegam a milhares de pessoas, contam as suas opiniões, defendem a marca e o produto. Os influenciadores atuam como verdadeiros embaixadores e, para isso, a comunicação e a capacidade de RP são muito importantes.

Estratégia

Definir uma estratégia é essencial e tem de se actuar de acordo com o definido. Temos de ter objetivos e planificações de actuação. Apenas deste modo se consegue uma imagem de profissionalismo e confiança.

Na primeira fase temos a descoberta e o escutar. Em Social Media deve-se escutar muito, descobrir o nosso target, definir os objectivos do nosso plano, perceber as capacidades das ferramentas a utilizar em Social Media e o tão importante Modelo de Governação da empresa.

Na segunda fase temos a estratégia onde delineamos os meios que queremos utilizar, o conteúdo, a abordagem e dinamização do Blogue. Devemos ter em atenção que devemos ouvir muito os utilizadores.

Na terceira etapa temos a Gestão e a Monitorização, onde temos as ferramentas de análise das audiências, monitorização das redes sociais e na WEB. Um Plano de Social Media deve ser corrigido sempre de acordo com as análise de audiências.

Nunca se esqueças de responder às seguintes questões:

  • Como é que a sua empresa pode utilizar o Social Media fora da alçada do Marketing da organização?  (algumas ideias: Atendimento ao cliente, programas de advocacia, Desenvolvimento de Produto, Desenvolvimento de Mercado e Vendas);

  • Quem são os líderes e os interessados ​​internamente que podem desenvolver um plano para a integração social em vários departamentos e unidades de negócio?  Considere e pense num  Centro de Excelência  ou numa equipa interna para conduzir isso;

  • A empresa tem uma biblioteca de conteúdos que pode ser utilizada para a atividade social?

  • Como vamos ter várias equipas e departamentos, ativos em Social Media de forma organizada? (Isso pode resultar de uma política de governance, mas é importante ter uma solução de tecnologia ou um conjunto de ferramentas para auxiliar na gestão e monitorização)

  • Como se poderá criar fluxos de trabalho para garantir que as equipas estão devidamente envolvidas a responder e otimizar iniciativas de social media?

  • Quais são os meios para cada iniciativa de negócios e onde devem ser incluídos na iteração?

  • Como se pode treinar os colaboradores e habilitar-se as empresas, a participar de forma adequada em todos os canais de Social Media?

  • Como conseguir o Retorno do Investimento ROI?

LEIA TAMBÉM: Dicas para usar o LinkedIn; Conheça os segredos de Social Media; Um cliente satisfeito será um embaixador da marca e a relação das empresas com os clientes.

Ter Paciência e Rapidez

As redes sociais exigem muita rapidez e agilidade mental e, muitas das vezes, ao mesmo tempo, tornam-se autênticas maratonas. Há que atuar de acordo com as necessidades. Às vezes respostas rápidas e no momento oportuno, resolvem muitas crises, por outro lado, as pausas, às vezes, funcionam.

Em Social Media não se sabe tudo. Vive-se da experiência que se vai acumulando, dia-a-dia, através dos contactos e das interações entre os utilizadores e a marca. O timing certo, às vezes, é bom conselheiro.

Fundador do Blogue MediasSociais – a nova tendência, experiência em Jornalismo, Formação em Comunicação Empresarial e Pós-Graduação em Marketing & Banking Social Media no ISGB. Autor dos eBook’s Toolkit de Social Media Marketing e Pensar Social Media.

, , ,


Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *