Social Media

Já utilizou as Reações com emojis do Facebook?

6 Dez , 2015   Gallery

A nova funcionalidade de reações através de 7 emojis do Facebook, já estão disponíveis desde Outubro.  O botão “adoro”, ”ahah”, “yay” “uau”, “confusão”, “tristeza” e “Ira” já fazem parte do nosso dia-a-dia no Facebook. Agora, além do “gosto”, o utilizador pode ter outras reações aos posts dos amigos e das marcas.

As marcas têm uma central de ajuda

Para se entender como as reações no Facebook  vão afetar os anúncios, a rede social adicionou na Central de Ajuda a explicação sobre o assunto.  As novas reações terão peso nos anúncios e serão contabilizadas como likes. Ou seja, o peso de um “adoro” será igual ao de um like.

Como funciona?

Depois de fixar o rato ou o dedo, em caso de dispositivos móveis, em cima do like ou do gosto, surge uma janela popup por cima com os emojis como aparece na figura abaixo. Após isto, é escolher a reação mais adequada à publicação. A nossa vida não é feita apenas de “gostos”, mas de reações tão díspares como as 7 proporcionadas pelo Facebook. A “Ira” surge como um “não gosto” da publicação ou um “não gosto” do estado.

As Reações são uma extensão do botão gosto, com o objetivo de dar aos utilizadores a hipótese de partilhar uma resposta a uma publicação do Facebook de maneira rápida e fácil.

Leia Também: As redes sociais começam a ser decisivas para o recrutamento de pessoas!

As métricas que incluírem likes, nos relatórios de anúncios também incluirão as reações. No entanto, não serão separadas como reações individuais. Os anunciantes que quiserem ver a contabilização separada das Reações poderão fazê-lo apenas nas informações das suas Páginas.

Agora é utilizar…reaja!

Fundador do Blogue MediasSociais – a nova tendência, experiência em Jornalismo, Formação em Comunicação Empresarial e Pós-Graduação em Marketing & Banking Social Media no ISGB. Autor dos eBook’s Toolkit de Social Media Marketing e Pensar Social Media.

, , ,


One Response

  1. […] Facebook já começa a possibilitar às figuras públicas a transmissão em direto de vídeos. Se o […]

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *